29 de jun de 2011

Mini Fic: : Pretty Woman - Parte 1/7


Joe on


despertador toca, o que significa que é hora de acordar, infelizmente. Levando e desligo a porcaria do despertador, apesar de minha vontade ser de tacar essa porcaria janela abaixo e voltar pra cama. Mas como um infeliz inventou o colégio, eu tenho que levantar. 
Tomo um banho bem relaxante, que demorou mais do que o previsto. Resultado, eu aqui na secretaria do colégio, tentando convencer a Silvia - secretaria - a me deixar entrar na sala. O que foi muito fácil - já disse que sou ótimo sedutor? pois é né. 
Entro na sala, todos olham pra mim e me comprimento, tirando a professora Gordula, que prefere me ignorar a me chamar atenção. Sento no meu lugar de costume, e como era aula de história, e eu estava morrendo de sono, resolvi da ruma durmidinha - quem nunca dormiu na aula de história, levanta a mão?? ..... é né, fazer o que, história da sono.
Depois da aula de História, veio a de Matemática, Português, Física, Intervalo, Educação Física,Ciencias e finalmente o sinal toca. Vou até o estacionamento, pego o carro e vou até meu restaurante favorito - já que a Dona Denise foi viajar - que faz um bom tempo que eu não vou - eu diria que 2 semanas, se é que isso é muito tempo -, acho que foi quando eu trouxe a Taylor aqui a ultima vez que eu vim aqui.
Entro e sento perto da janela, meu lugar de costume. Gosto da vista dessa janela, apesar de ser uma cidade pequena, Toledo, tem uma paisagem linda que dá gosto de ficar horas só observando e pensando na vida, no futuro, num amor e em tudo que vier a mente. 
Distraido, não percebo a presença de uma linda morena em minha frente, com uma regata branca e um avental preto, segurando uma caderneta e uma caneta, me pedindo 
" o que o senhor vai pedir?" não sei porque, mas quando essa linda morena me olhou, senti uma sensação, como se... eu não sei explicar, mas em vez de pedir o que eu queria comer, pergunto
 "Qual é seu nome?". Ela me olha desconfiada, mas resolveu responder minha pergunta. 
" Demetria, Demetria Lovato. Qual vai ser seu pedido?" desvio a resposta dela novamente 
" Sou Joe Jonas". 
" eu sei" ela reponde com uma cara não muito boa.
" Você me conhece?" pergunto desconfiado, posso jurar que jamais vi essa garota na vida. 
" Estudo na mesma escola que você" ela reponde com um sorriso amarelo. 
"Serio? nunca te vi" sinto-me meio envergonhado, a menina estuda na mesma escola qeu eu, e eu nunca nem olhei pra ela?
" é, digamos que eu sou meio invisível. Mas agora, senhor, qual será seu pedido? " 
" quer sair comigo?"
" o que? repete a pergunta por favor"  essa esta meio irônica devo constatar.
" quer sair comigo?"
" olha, eu tenho que trabalhar, será que poderia fazer a droga do pedido?" 
" só faço o pedido se aceitar sair comigo?" 
" e por que eu aceitaria sair com você?" 
" como você mesma disse, tem que trabalhar, e eu não vou sair daqui enquanto você não dizer quem sim, vai sair comigo" lanço um olhar desafiador.
" tudo bem, eu saio com voc" ela aceita derrotada" agora, por favor faz o pedido?"
" humm, sabia que ia aceitar" eu, convencido, como de costume " eu vou querer o prato do dia e uma coca-cola"
" ok" ela anota o pedido em sua caderneta e ia saindo, mas eu seguro seu braço.
" como entro em contato com você?"
ela solta um aff, anota o numero do telefone dela numa folha da caderneta e  o ranca." Toma, mas promete que não vai ficar me ligando de madrugada?"
" que diabos eu ia te ligar de madrugada?"
" sei la, mas o ultimo cara que eu dei meu telefone ficava a madrugada inteira me ligando, tive que trocar de numero pro infeliz para"
" ta, eu juro que não te ligo de madrugada" prometo rindo...
Salvo o numero dela no meu celular.
Depois de um tempo, a comida chega, que a propósito estava maravilhosa. Não vejo mais a Demetria, então resolvo ir embora.
Vou até o carro correndo, já que tinha começado a chover - odeio chuva, então uma morena saindo do restaurante, correndo, indo em direção ao ponto de ônibus.
Passo com o carro no ponto de ônibus e pergunto.
" Quer carona?"
Ela olha surpresa pra mim e responde:
" não precisa. Vou de ônibus"
" vem, ta chovendo e ta esfriando. Se você ficar gripada e não poder ir ao nosso encontro vou me sentir culpado" insisto.
" ta, eu aceito a carona"

.......................
continua....

Oi gente, eu tenho mas noticias, eu fiquei de recuperação!!! e até semana que vem eu vou ter que continuar indo pra escola - aff, ninguém merece. Eu sei, era pra mim postar o cap 9, mas  eu quero fazer um capitulo especial, e ainda não esta pronto, então eu resolvi escrever essa mini fic, pra não ficar muito tempo sem postar. 

Beijos...

By:Tay.

20 de jun de 2011

#Desculpa + Aviso

oi gente, eu sei, não to postando, eu sei. Mas eu to cheia de prova. Pra vocês terem uma ideia, hoje tive 2 provas, manha tenho outra e quarta mais 2. E eu tenho 2 trabalhos pra entregar amanhã tbm. Eu to tipo no meu limite, e sobrecarregada. E não ta dando pra postar.
Mas eu tenho uma boa noticia. Minhas aulas acabam dia 28/06, ou seja, terça da semana que vem, então, peço que tenam calma, logo postarei.


Beijos...
By:Tay.

13 de jun de 2011

Sexy Chick - Capitulo 8


Capitulo 8 - Uma noite e tanto! [parte 1]

Joe on

- Então, vamos do que? - pergunto.
- A pé? - ela responde com uma cara meio de obvia.
- Não ta muito tarde pra ir de a pé?
- Claro que não, nao é nem 9:00h ainda.
- Eu acho perigoso.
- Ta bom medroso, vamos de táxi então! - ela diz abrindo um sorriso de deboche e chamando um táxi.
- Não é medo - tento me explicar - é prevenção.
- Sei - duvida ela totalmente irônica enquanto entra no táxi que acabara de chegar - não vai entrar?
- vou, claro 
- então pra onde vão? - perguntou o taxista.
- Starbucks mias próximo por favor. - demi responde com educação.
- Ok

Enquanto ainda não chegávamos lá. O clima estava meio chato.Silencioso demais. Eu não falava nada, demi também não, muito menos o taxista.E quando finalmente descido abrir a boca demi me pergunta: 

- então joe, de onde você veio mesmo?
- São francisco.
- serio? dizem que a cidade é linda.
- e é mesmo. Lindas praias, a cidade também é linda e o Golden Gate, etc - não entro muito em detalhes pois ainda doi lembrar lá.
- humm, acho que São francisco acaba de entrar na minha lista de opções de onde passar as ferias - ela diz rindo.
- legal. Mas e você, de onde é?
- pronto. Chegamos - interrompe o taxista.
- brigada, quando custou?- pergunta demi.
- US$8,00
- ok. fique com o troco -ela da uma nota de US$10,00.

Entramos no Starbucks. sentamos numa mesa e fizemos os pedidos.

- Então, você não respondeu minha pergunta.- digo curioso.
- verdade. Desculpa =S. Eu sou brasileira. Morava em uma cidade chamada Toledo, no estado do Paraná. Que não era lá muita coisa, mas também não era uma cidadezinha qualquer.
- nossa, uma brasileira... que legal. - realmente imprecionado, isso explicava a beleza estonteante dela -  Como é morar no Brasil?
- é bem diferente daqui. Isso eu garanto - ela responde rindo - bom, pra começar, não tem Starbucks, é quente pra caramba no verão. As pessoas são alegres e festivas. Os pontos turísticos são maravilhosos. Lá é bem diferente do que as pessoas acham que é. 
- sente falta de lá?
- bem pouco. o que eu sinto mesmo falta é da minha melhor amiga. - demi olha pra baixo, provavelmente lembrando da amiga.
- então, você esta em algum relacionamento?
- pra falar a verdade, não namoro faz dois anos - ela reponde minha pergunta rindo.
- wow, serio? - pergunto assustado.
- é sim.
- como aguentou ficar tanto tempo sozinha?
- ei, eu disse que não namorava a 2 anos, não que eu não fiquei com ninguém! 
- humm, mas você não sente falta de ter alguém só pra você?
- um pouco, mas meu ultimo namoro não foi lá muito bom. 
- por que?
- Por vários motivos, falta de confiança, brigas constantes, essas coisas. - demi reponde meio triste com as lembranças - mas, chega de falar de mim. E você, namorando? ficando? ou enrolando?
- nenhum, solteiro.
- a quanto tempo?
- desde ontem - e antes que ela me pergunte por que, eu explico - O nome dela é Camille, nos conhecemos desda pré escola. Sempre fomos melhores amigos. Até chegar a adolescência. Foi quando comecei reparar mais na Camille e ela em mim. Então aos poucos, nossa grande amizade, se tornou uma grande paixão. Camille era o meu mundo, e tudo se resumia a ela. - doeu uma pausa e continuo - Tudo ia as mil maravilhas entre nos. Ela foi viajar pra Londres por duas semanas e eu recebi uma bolsa para a Universidade de Nova York  Só de pensar em me afastar de Camille, já doia. Mas eu aceitei a bolsa, porque minha mãe me mataria se eu não o fizesse. O que realmente me preocupava era contar a Camille, e pensar em como ela reagiria. Quando ela chegou de viagem, comprei um anel de noivado, não que eu queria casar agora, mas era pra simbolizar nosso amo. E junto com o anel, comprei um lindo buque de rosas e uma caixa de bombom.Quando a vi, meu coração se encheu de alegria, mas ela passou quando eu vi ela beijar o cara que estava ao seu lado.Naquela hora, não sei se sentia raiva, se ficava triste ou se chorava. Mas fui até ela terminei com a vadia. Devolvi o anel a loja e comprei uma passagem pro primeiro voo pra Nova York. 
- Wow, que vadia essa tal de Camille, fala serio! - quase gritou demi endguinada - olha, sei que só te conheço desde hoje, mas já sei que é gente boa, você não merece isso. Não pode ficar triste por essa biscate!
- calma demi.
- Calma nada. Quando que aconteceu isso?
- ontem.
- Ontem?
- É, ontem.
- wow, agora entendo porque você ta com essa cara de bunda. 
- ei.
- vem, acho que sei um jeito de te animar.

Deixo o dinheiro na mesa antes da demi me puxar pra rua, chamar um táxi.

- Pra onde? - perguntou o Taxista.

.....................................
Continua.
olha gente, eu adoraria responder os comentários, mas eu to sem tempo agora. Desculpa.. 

Beijos...

By:Tay.

7 de jun de 2011

#Respondendo, Sera que vai rolar?

Olha desculpa, mas eu ão consegui achar o nome... Também gostei dela... Sorry =S


Beijos...
By:Tay..

#Mega divulgações!!


Sigam^^Leiam^^ Comentem


Beijos

By:Tay.

Sexy Chick - Capitulo 7



Capitulo 7  - IAN, TEM UM TARADO AQUI NA PORTA!


Demi on

Pode se dizer que meu primeiro dia em Nova York foi um dos melhores da minha vida. Junto com Ian e Nick - que levou um susto quando me viu de manhã - fomos nos os lugares mais visitados de Nova York. Depois, a noite, obviamente uma boa boate pra fechar com chave de ouro.
Tá, eu sei que estou quebrando as regras da mamãe, mas me diz, pra que serve as regras se não pra quebra-las?? e outra Ian não iria contar nada. Meu irmão pode ser tudo o que vocês imaginarem (66', kk' #meignorem), mas X9 ele não é!
Adivinha a hora que voltamos pro Apartamento? *Dica, já tinha amanhecido... tah lá por umas 7:50, 8:00h.. então da pra ter uma noção do que estou fazendo agora, Dormindo... Ou pelo menos estava fazendo até ser acorda pelo frenético soar da campainha. Quem será o maluco que não se toca que a campainha a gente só aperta e tira o dedo, não fica com ele lá!
Mas tudo bem. Apesar da dor de cabeça, levanto da cama de nem sei quem - acho que do Nick, ou do Ian -.
Minhas duvidas sobre de quem é o quarto se acabam quando esbarro num copo que tava jogado no pé da cama... e adivinha quem era?? o Nick... agora eu me pergunto, a gente transou?? será?
Nick estava só de boxe. Ai meu deus! Mas eu não lembro de nada.
Aff, que saber, depois eu vejo isso... ainda tenho que ver que é o otário da porta
Vou até a porta, tiro as trancas, e abro a porta.

- Olha aqui, não faço ideia de quem é você, mas se tocar mais uma vez essa campainha um assassinato ira acontecer nesse prédio e você será o culpado! - meio que grito com o cara..
- Oi, desculpa, mas é que eu acabei de chegar de viagem e...- dai o otário me olhou de cima a baixo, aproveito pra olhar também, estava com tanta raiva da campainha que nem me olhei no espelho... me arrependo, sabe por que? resposta simples, eu to só de calcinha, sem sutiã!!!!- Belos seios.66'
-AHHHH - o maluco vem pra cima de mim e coloca a mão na minha boca, o que não deu muito certo, já que eu mordi a mão dele, ele soltou um ai, e eu grito - IAN, SOCORRO.. TEM UM TARADO AQUI NA PORTA!
- CALA A BOCA- grita o carinha, ainda me segurando contra seu corpo.

Hum, tenho uma ideia, e se eu der uma cotovelada naquele lugar? vai doer pra caramba, mas pelo menos ele vai me largar. Dito e feito, assim que meu cotovelo acertou o amiginho dele, ele me soltou na hora. E como eu não sou boba nem cada sai correndo.
Dei de cara com o Ian, segurando um taco de basebol com uma cueca de bolinhas e pantufas do Scoob doo.

- ai meu deus, eu mereço!
- Cade o tarado?
- ali o besta - aponto pra porta, onde o tarado ainda se contorcia.
- ahmm, você fez isso?
- claro né.

Ian chega perto do cara com o taco de basebol na frente e eu me aproximo também, fazer o que, sou curiosa.

- Quem é você,  o que esta fazendo aqui? e por que agarrou minha irmã?
- eu sou Joe Jonas, vim de São Francisco pra estudar na faculdade de Nova York, minha mãe disse que conhecia sua mãe, e que ela disse que eu poderia ficar aqui. E eu não agarrei sua irmã, ela que começo a gritar eu só queria faze-la calar a boca.
- aaa, mamãe falou de você - se lembra Ian soltando o taco - desculpa a confusão.
- não tudo bem.
- e desculpa - digo - ninguém tinha me dito que você viria, né Ian - olhar mortífero - sou sempre a ultima a saber das coisas
- não se preocupe, só não faz de novo,  - ele diz rindo.
- claro - começo a rir junto com ele - bom, vou tomar uma banho.
- ok - respondem os dois juntos.

Vou pro meu quarto, pego uma toalha, ligo uma musica qualquer e vou tomar banho... 
Meia hora - ou mais - depois, saio do banho. Coloco uma calça skinny preta, uma regata branca soltinha com uma sinta toda trabalhada por cima... um bolero jeans  e uma bota gladiadora preta também, deixo o cabelo solto com meus cachos e passo um make básico. Pego uma bolsinha de lado e coloco meu Iphone, carteira e Maquiagem. 
Onde e vou? boa pergunta... sei lá.. Não to com vontade de ficar em casa, e outra ainda nem é 9:00 pm.
Estava quase saindo quando escuto aquela pergunta que odeio.

- Onde voc vai? - Ian pergunta, aff
- Sei lá.
- serio demi, onde vc vai?
- eu não sei... acho que no Starbucks. Por que?
- agora sou responsável por você, tenho que saber onde você vai.
- aff, ninguém merece.

Estava quase saindo, e de novo, alguém me chama.

- demi, posso ir com você? - dessa vez quem me pergunta é joe, o tarado - eu to com fome, e aqui não tem nada pra comer.
- tudo bem, vamos. 
- to indo.

e finalmente consegui sair de casa, mas não sozinha como tinha em planos. Com joe, que era um pesaço de mal caminho, mesmo sendo um tarado - é eu nunca vou esquecer isso.

.........................
continua...
oi gente, sorry pela demora, meus pais foram viajam e me deixaram na casa da minha vo - sacanagem! - e lá não tem pc, então  não deu pra postar!!

aa sabe a musica See no more que eu coloquei, então, aquela musica não é do joe, sorry =S, essa é a musica do joe:

linda né!

12 comentarios?? wow, fiquei muito feliz quando vi isso, brigada gente!
Respostinhas:
 G  - brigada *-*, postadinho, beijos...
Jemi-love - já postei fofa, e muito obrigada, fico fico feliz em saber isso...beijos..
Jemi e Nelena - thanks flor, já postei... beijos..
 vivi - muito obrigada, e gostou?? espero que sim, sua opinião é muito importante pra mim. beijos...
 - Demi Lovato ⊹ - Valeu,.. postadinho... beijos...
 Diana (DSP) - adorou?? legal, espero que goste desse também... beijos..
 Anônimo -...
Anônimo - postadinho fofa =DD
 Friends - seriu? nossa xD... postadinho flor... beijos...
 Anônimo - bom, até que poderia ser nemi, não te garanto nada, acho que vou colocar umas boas partes nemi, ok?! beijos...
 natalia_Lovato - oi, seja muito bem vinda, espero que tenha gostado, thank you xD. Divulgo sim... e ja´to começando a ler suas fics... beijos...
 Larissa - brigada.. postado...xD.... beijos...


7 coment's pro próximo capitulo.

Beijos...

By:Tay



3 de jun de 2011

# SAIU SEE NO MORE!!! AHHHH

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH, ESSA MUSICA É PERFEITA, EU A-M-E-I ELA!!!
AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH NEM POSSO ACREDITAR QUE FINALMENTE SAIU, AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

escutou??? perfeita néee!!!! =DDDDDDDD

Beijos....

Ps: se chegar a pelo menos comentarios 8 no cap 6, eu posto o capitulo 7 ainda hoje....

By:Tay.

2 de jun de 2011

Sexy Chick - Capitulo 6


Capitulo 6 - Nova York, ai vou eu!

Joe on

Hoje acordei muito animado, a final, era hoje que finalmente Camille iria voltar de  Londres. Como o avião dela chegaria as 10:00 am. Acordei bem cedo pra comprar um presente pra ela.
Enquanto olhava o shopping, ainda indeciso sobre o que comprar, vejo uma loja de joias, da qual na vitrine tinha um anel que me chamou atenção. Era um anel de noivado. 
Tudo bem, sei que somos  novos demais pra isso, mas eu a amo muito. Além do mais, nos não precisamos casar agora. O  anel só vai representar que a amo mais que tudo.
Entro na loja, e peço pra vendedora me mostrar o anel. Ela o pegou na vitrine e o trouxe ate mim.

- WOW, ele é lindo! - exclamo imprecionado..
- é mesmo - concorda a vendedora - um dos mais caros que temos aqui.
- quanto custa?
- US$ 3.850,99

É caro, e pior, eu não tenho todo esse dinheiro, não posso comprar.. mas... é pra camille, não posso comprar qualquer coisa... tem que ser especial.

- pode fazer em quantas vezes?

*

É, eu comprei o anel, e aproveitei e comprei uma linda rosa branca... E confiante, vou ao aeroporto esperar por Camille..
Então avisto uma linda morena familiar, é ela. Corro ao seu encontro, empurrando pessoas, que obviamente reclamaram, mas nem liguei meu objetivo era chegar até Camille, que ainda não tinha me visto. Então vejo um cara ao seu lado, e me toco do porque ela não tinha me visto. Paro e fico só olhando.
Ela coloca as mãos no pescoço dele, e ele na cintura dela, e se beijam. Nesse momento, meu mundo desaba, e meu coração se quebra. Ver essa cena, além de me provocar uma mágoa profunda, e a vontade de chorar também, mas eu contive, tinha que mostrar indiferença. Fui até eles, e puxei bruscamente Camille dos braços do desgraçado, ela olha surpresa pra mim e diz:

- joe, o que esta fazendo aqui?
- acho que vim buscar minha namorada, melhor ex-namorada - solto um riso fraco, olho pro cara e concluo ironico - vejo que sentiu muito a minha falta não é?!

Ela fica quieta o que não é comum.

- o que? não vai me falar nada? - ainda irônico.
- não é o qeu você esta pensando - quando ela diz isso eu só solto uma gargalhada irônico.
- você sabe o que eu estou pensando? - ela balança a cabeça
- eu posso explicar! - ainda suplica.
- explicar o que? não te o que explicar. Eu vi, tem explicação melhor que isso vadia?

Mais uma vez, ela se cala.

- é eu acho que não.

Solto seu braço, que ficou claramente as marcas da minha mão. Ela cai no chão e o boboca que estava com ela a ajuda. Eu só dou as costa e vou pra casa. Jogo a rosa no lixo, e o anel em cima da cama.As lágrimas eu  já não controlava.
Quando mamãe chegou em casa, me encontrou nessa situação, e com muita dificuldade, contei o que tinha acontecido. Mostrei o anel que comprei pra ela. E obviamente ela gostou, claro, o anel era lindo. Mas me trazia tristes lembranças, então descido ir devolve-lo, não valia a pena guarda-lo, pois sempre me lembraria de Camille, coisa que eu quero esquecer.
A moça do shopping estranha me ver lá novamente, mas não faz nenhuma pergunta, só me devolve o dinheiro que tinha dado de entrada.
Volto pra casa, e descido adiantar essa ida a Nova York, não falia a pena ficar aqui, onde a cada passo me lembrava Camille.Passo pela sala e vou direto pro meu quarto, escuto mamãe gritando

- Joe, não vai jantar?
- Depois mãe.

E entro no quarto, pego todas as minhas coisas e coloco nas malas. Ligo pro aeroporto e reservo um lugar pro próximo voo pra Nova York, que saia as 9:00 am.
Vou faminto pra cozinha, que tinha meu prato de comida coberto por um pano. Mamãe lavava a lousa, e tomou um susto quando me viu.

- esta melhor meu filho?
- acho que sim mãe.
- aquela puta não te merece.
- agora sei disso - solto um suspiro triste - mãe, vou pra Nova York amanhã de manhã. Não posso mais ficar aqui.
- Amanhã?
- é, já reservei lugar pro próximo voo pra Nova York, ele sai as 9:00 am.
- por mais, que eu sinta sua falta, eu entendo.

*

- Tchau mãe - aperto mais o nosso abraço de despedida - te amo, se cuida.
- Te amo mais, e se cuida você - apertando ainda mais o abraço.

- Passageiros do voo 189, dirijam-se a sala de embarque.

- acho que é minha deixa. - me separo deminha mãe.
- boa sorte.
- obrigada.

É, agora é um novo começo.. Nova York, ai vou eu!

...........................
continua...

viram, dessa vez eu não demorei muito! kk', espero que tenham gostado do capitulo... só 8 comentairos?? magoei. =' (

Respostinhas:
 Jemi e Nelena - ok, dessa vez eu não demorei!!! kk', brigada flor, postadinho.,.beijos...
vivi - OWNN, ki fofo xD, thank you... vc não sabe a alegria que me dá quando leio comentários assim =DDDD. beijos... 
 Larissa - é é horrível, e o pior é que quando vc tem muita coisa pra fazer o tempo aprece que passa mais rapido... THANSK fofa, postadinho... beijos...
 Lari  - kkk' desculpa, kkk'.... divulgo sim, e eu lembro do seu blog, só tenha um pouco de paciência, eu to meia sem tempo mas prometo que divulgo, blz?... beijos...
 Sera que vai rola? - calma, ele logo logo iram se encontrar. kk', postadinho... beijos.
 Fics Jemi Lovers - Obrigada flor, beijos.... e adorei seu blog
 G - seriu? nossa brigada xD, postadinho... beijos...
Diana (DSP) - nossa ,que legal, thanks e postado xD... beijos...

5 coment's pro próximo.

Beijos...

By;Tay.